sábado, 10 de dezembro de 2016

Desafio literário 2016 -livro 24

Oi pessoal,boa noite!
Postando hoje o décimo quarto livro do desafio literário 2016.
Item 17: um livro que te indicaram.
Título:A megera domada.
Autor:William Shakespeare.

Uma amiga leu este livro e gostou muito então falou que eu deveria ler também,pois é muito divertido!
Pois bem,li.
Também gostei muito e observei que uma certa novela que vi há algum tempo atrás(quando eu ainda via novela,hoje não vejo mais)se inspirou exatamente na história deste livro.A novela era "O cravo e a rosa",era uma novela muito engraçada!
Os personagens principais Catarina e Petrúquio matavam a gente de rir!rsrsrs...
Claro gente,o livro é uma adaptação,não é a versão original(até porque não sei ler em inglês,infelizmente,rsrs),mas valeu a pena ler!


Resumo: Skoob

Conta a história de Catarina, uma mulher que não pretende se submeter aos homens em função do casamento.
Com sua língua ferina, afasta todos os pretendentes, deixando desesperada sua irmã Bianca que precisa esperar a a irmã se casar para poder também escolher um pretendente. Até que surge Petrucchio, um grosseirão disposto a tudo para conquistar o dote de Catarina.
Cheia de reviravoltas, a peça discute amor e casamento, tornando a obra atual até hoje.

Minha opinião:
A moça é uma fera e nenhum rapaz quer namorá-la,pois sabem do seu gênio difícil,até que Petrúquio topa o desafio,eles casam e no final,Petrúquio acaba domando a fera!
Poderìamos até considerar um livro machista para os padrões de hoje em dia,mas para mim a intenção do autor não foi essa.
A gente morre de rir com as trapalhadas do casal.
O livro é otimo,adorei e recomendo.

Tem mais gente lendo,minha amiga Alê,do blog Alê bordados e crochê também está participando do desafio,vão lá no blog dela dar uma olhadinha!

Beijos da Ana!

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Desafio literário 2016 - Livro número 23

Oi,boa noite!Tudo bem?



Hoje trago o livro de número 23 do desafio.
Item 21: Um livro muito barato.
Custou-me apenas 2 reais,baratíssimo,alguém que não curte muito livro,resolveu se desfazer de alguns e eu comprei,sou louca por livros!

Título: Os miseráveis
Autor:Víctor Hugo


Um grande clássico da literatura universal pela bagatela de 2 reais!!!

Esta obra é uma poderosa denúncia a todos os tipos de injustiça humana. Narra a emocionante história de Jean Valjean — o homem que, por ter roubado um pão, é condenado a dezenove anos de prisão. Os miseráveis é um livro inquietantemente religioso e político.

Os Miseráveis narra a história de vários personagens, dentre eles, Jean Valjean, um homem que foi condenado a trabalhados forçados por roubar um pão para saciar a fome de sua família.  Durante dezenove anos ele fica preso e ao ser libertado, traz consigo a marca de ser ex-condenado, pois viveria em condicional para o resto de sua vida e assim, encontra uma sociedade que lhe fecha as portas, tornando sua vida ainda mais difícil. Ao contrário dos demais, o bispo de Digne lhe estende a mão e o aceita em sua residência.

Durante a estadia na casa do bispo ele comete dois delitos, o que poderia levá-lo de volta a prisão, no entanto, ao ser abordado pelos policiais que o localiza com os objetos furtados, o bispo encontra uma maneira de livrá-lo daquela situação. Diante de tanta generosidade, Jean Valjean se sente tocado por tanta bondade e dali em diante se tornaria um novo homem.

domingo, 13 de novembro de 2016

Desafio literário 2016 - 22º livro lido.


Oi pessoal,boa noite!
Trazendo hoje o 22° livro concluído no desafio literário 2016.


Mais um que não coube em nenhum ítem do desafio,ou melhor,cabe no ítem 16,mas este item eu já havia preenchido,então não vale!

Título:Não leve a vida tão a sério.
Autor: Hugh Prather.




Resenha:Skoob

A vida não precisa ser tão complicada quanto insistimos em torná-la. A simples decisão de não se agarrar aos problemas pode melhorar - e muito - nossas vidas. É isso o que Hugh Prather nos mostra, com humor e clareza, neste livro. Ele escreve sobre as dificuldades do dia-a-dia e nos dá ferramentas para contorná-las, mudando o que há de mais importante na vida: nossa atitude mental e a forma de reagir aos inevitáveis contratempos. Seus ensinamentos são baseados em histórias reais que nos deixam com a sensação de já ter passado por aquela situação ou testemunhado algo parecido. Você aprenderá soluções práticas para dar um basta às preocupações e ao medo, e se libertar de tudo aquilo que impede sua felicidade.

Minha opinião: Ótimo livro!O autor nos ensina 23 exercícios que nos ajudam a nos libertar de pensamentos desencadeadores de sentimentos negativos,como raiva,tristeza,irritação...Sentimentos que nos fazem mal e tornam a vida complicada e infeliz!
Ele nos mostra como encarar o dia-a dia de um jeito mais leve e nos ensina a controlar nossa emoções!
Gostei muito da leitura e recomendo.

Visitem o blog da Alê para saber mais sobre o desafio.

Beijos da:

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Desafio literário 2016 - 21° livro lido.

Oi pessoal,boa noite!Td em paz?


Hoje posto o 21° livro lido no desafio literário.
Ítem 22: Um livro da biblioteca.

Título: Encarnação,de José de Alencar.

Mais um clássico da nossa literatura.


Sinopse:Devaneios Literários

A segunda esposa é um tema interessante e recorrente. O amor além da vida de um viúvo que não consegue desvencilhar-se da imagem perfeita da primeira esposa, levada cedo de seus olhos. Ao contrair segundas núpcias, dificuldades surgem, como o remorso, o sentimento de culpa e a sensação de que está traindo seu primeiro e verdadeiro amor. O romance de José de Alencar trás uma estória de amor assim. Publicado postumamente, no ano de 1877, o romance conta a trajetória de Hermano, que vive com sua esposa Julieta numa casa ao lado da mansão da família da pequena Amália. Julieta deixa a entender que para ela o amor não acaba com a morte, portanto, quando ela morre durante a primeira gravidez, Hermano isola-se do mundo e se transforma num homem triste e solitário. Os anos passam e Amélia torna-se uma mulher bonita e prendada. Ao vê-la tocando ao piano a música preferida da amada Julieta, Hermano decide pedi-la em casamento. Amélia reluta em aceitar, pois, ao ver Hermano em companhia duma dama no quarto da esposa morta, acredita que ele não é fiel ao amor antigo. Ela percebe que está muito apaixonada por ele e é vencida, entregando-se ao casamento

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Desafio literário 2016 - 20° livro lido

Oi gente,boa noite!
Acabei de ler o 20° livro,pena que este também não se encaixou em nenhum item do desafio!
Este é o segundo livro que não encaixa!Que pena!
Um clássico da literatura brasileira.

Título: São Bernardo.
Autor: Graciliano Ramos.



Resumo: http://www.coladaweb.com/resumos/sao-bernardo

Paulo Honorário decide escrever um livro para relatar sua vida com Madalena. Está completamente sozinho, então pede a ajuda de um amigo, o jornalista Azevedo Gondim, mas acaba se desentendendo com ele devido a sua linguagem literária usada. Por fim, acaba por fazê-lo sozinho.

Durante a narrativa, Paulo Honorário revela que foi criado por uma preta velha chamada Margarida, a quem ele costumava ajuda lavando tacho e vendendo doces. O personagem-narrador também foi guia de cego e caixeiro viajante; também foi preso por ter matado o amante de Germana, a moça com quem namorava.

Recomeçou sua vida após pegar emprestado a juros cinquenta mil-réis, assim, começou sua trajetória capitalista e após muito trabalhar conseguiu pagar o empréstimo.

Paulo Honório empresta dinheiro a Padilha, que herdou do pai a fazenda São Bernardo; entretanto, Padilha se endivida e dá a fazenda a Paulo Honório, portanto, é assim que o personagem-narrador se torna latifundiário. O recém-latifundiário começa a ter problemas com Mendonça devido a uma cerca que invadia suas terras. Para resolver o impasse, Casimiro Lopes, fiel empregado de Paulo Honório, assassina Mendonça. E desta forma, o narrador toma posse das terras do vizinho.

A fazenda cada vez mais gera lucro e torna-se um modelo de prosperidade. Então, precisando de um herdeiro, Paulo Honório se casa com a professora Madalena, que muda junto com sua tia d. Glória para a fazenda.

As discussões entre o casal logo começam a surgir assim que Madalena conversa com seus amigos e o esposo, menos culto que eles, não entende os diálogos e passa a ter ciúmes e a desconfiar da mulher. Com o nascimento do filho as desavenças não diminuem e o relacionamento vai ficando insuportável, até que Madalena se suicida.

D. Glória e o contador, seu Ribeiro, abandonam Paulo Honório. Padilha após perder as terras para o narrador tornou-se professor na escola da fazenda, desaparece, vai lutar na revolução. Padre Silvestre também vai para o exército revolucionário.


A situação financeira de Paulo Honório é bastante ruim e, solitário e arruinado, resolve escrever um livro contando a sua história.

Minha opinião: Amo os clássicos da literatura brasileira,este então é simplesmente maravilhoso!
Prende a atenção do início ao fim.Recomendo!

Tem mais gente lendo:
A minha amiga Alê também está participando do desafio,visitem o blog dela: Alê bordados e crochê

Beijos da:



quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Desafio literário 2016 - 19° livro lido.






Oi gente,boa noite!
Tudo bem com vcs?
Trago hoje o 19° livro lido,infelizmente não se encaixou em nenhum item do Desafio.

 Título: Por que os homens mentem e as mulheres choram?
Autores: Allan e Barbara Pease.


Resumo: Saraiva

Este livro é uma preciosa oportunidade para você eliminar um pouco do sofrimento, da angústia e da confusão da sua vida, aprendendo a se mover no labirinto dos relacionamentos e a identificar pistas escorregadias, curvas traiçoeiras e becos sem saída. Com base em pesquisas e estudos científicos, os autores explicam o comportamento sempre imprevisível do ´outro sexo´. De forma clara e bem-humorada, eles respondem às nossas principais dúvidas e apresentam soluções práticas para tornar a convivência entre homens e mulheres mais prazerosa.

Minha opinião: Gente,pra falar a verdade eu não gostei da leitura desse livro,só fui até o fim porque não gosto de começar a fazer algo e não concluir.Achei a leitura muito maçante,tediosa!

Quer saber mais sobre o desafio,visita o blog da Alê.


Beijos da Ana!



terça-feira, 18 de outubro de 2016

18° livro - Desafio literário 2016.


Oi,boa noite!
Mais um livro devorado,amooooo...
Item 20- Um livro muito lindo.
Título:A culpa é das estrelas.
Autor: John Green.

Minha humilde opinião:

Eu já tinha assistido ao filme e tinha amado,porém ler o livro é muito melhor.
Uma história pra gente rir,chorar ,emocionar-se e nunca esquecer!
Quando o livro é muito bom,e a gente terminar de ler,dá vontade de voltar ao início e ler novamente.
Lindo demais!!!



 Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.


Quer saber um pouco mais sobre o Desafio literário 2016?Visite o blog da Alê:




Beijos da Ana.


quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Continuando o desafio-17° livro concluído.


Item 2:Um livro com uma só palavra no título.

Título: Obstinada
Autora:Sylvia Day


Sinopse: Apaixonadas por livros.

Londres, 1770. Debaixo de toda a seda e renda da sociedade londrina se encontra uma organização secreta de espiões de elite. Proteger a Coroa de seus inimigos é uma tarefa árdua, mas, para Marcus Ashford, proteger seu coração de uma obstinada paixão é um perigo ainda maior. Como agente da Coroa, Marcus Ashford, o Conde de Westfield, já enfrentou inúmeros duelos de espada, foi atingido por dois tiros e se esquivou de mais disparos de canhão do que poderia contar. Porém, nada o excita mais do que o primitivo apetite sexual de sua ex-noiva, Elizabeth. Anos atrás, ela o preteriu pelo charmoso Lorde Hawthorne. Mas agora, Marcus deve defender a elegante viúva, e o fará ao mesmo tempo em que cuida de suas outras, mais carnais, necessidades, mostrando a ela até onde vai o real desejo de um homem.

Minha opinião:
Muito bom o romance!
Quente e envolvente!

Beijos da Ana!

sábado, 1 de outubro de 2016

16º livro - Desafio literário 2016.

Oi gente,boa noite!
Hoje concluí o 16º livro do desafio.
Item 1: um livro com mais de 500 páginas.


O título: Tão insano quanto você -
Uma vida em listas
Autor: Todd Hasak Lowi





Resenha:https://www.skoob.com.br/livro/526714#_=_

Darren, personagem principal, é um garoto de 15 anos que tenta lidar com os dilemas diários de um adolescente - pais separados, a mãe que está praticamente sempre viajando, o melhor amigo vivendo longe, o irmão morando fora de casa devido à faculdade, problemas com sua auto-imagem e dúvidas de como se relacionar com o sexo oposto. O garoto nem chegou a imaginar que mais um aspecto, para ele muito relevante, entraria nessa lista. Quando o pai de Darren aparece em sua cozinha, em uma manhã qualquer, comendo donut de chocolate, mal sabia o menino que nos próximos segundos a revelação que deixaria seu mundo ainda mais de cabeça para baixo chegaria.

A linguagem direta e sem rodeios e os detalhes das listas fazem das 654 páginas do livro algo único e diferente de tudo já visto em um enredo que relata o drama adolescente. “Não há a menor dúvida sobre a originalidade incrível deste autor”, afirmou em sua critica o jornal The New York Times.

Pra quem quer conhecer um pouco do universo adolescente,é uma boa dica de leitura!

Tem mais gente lendo:

Alê-Bordados e crochê
Beijos da Ana!

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Desafio literário 2016-15º livro concluído.

Oi pessoal,boa noite!Td bem com vocês?
Hoje posto o 15º livro do desafio,o item 3: Um livro que comece com a letra do seu nome.

Bom,como aonde procurei não encontrei um livro com um título de uma palavra começada com "A",então posto um livro no qual o título começa com o artigo "A".Espero que valha.
O título do livro é A rosa perdida,do autor Serdar Ozkan.



Sinopse da Livraria Cultura:

Diana é uma jovem de 24 anos, rica, bela, inteligente e atraente, que está acostumada a ter tudo e todos aos seus pés. Mas, nesses últimos tempos, tem percebido que isso não é suficiente para que uma pessoa seja feliz. Sua mãe, pouco antes de morrer, lhe fala a respeito de uma irmã gêmea, Maria, que foi embora junto com seu pai. Essa revelação bombástica é seguida de um pedido - Diana deve encontrar essa irmã. Com isso, a jovem de repente é levada a retomar o passado e buscar pistas sobre o paradeiro de sua irmã gêmea, através de cartas que ela teria mandado para a mãe. Ao buscar sua irmã, Diana acaba por encontrar a si mesma. E começa toda uma nova aventura. 'A rosa perdida' é um romance sobre a família, o amor e o lado universal do homem.

Minha opinião:
Um romance com uma história que nos faz refletir sobre nosso verdadeiro "eu".Final surpreendente!

Tem mais gente lendo:
Alê bordados e crochê


Beijos da Ana.

terça-feira, 6 de setembro de 2016

Desafio literário 2016 - 14º livro lido.

Oi pessoas,boa noite!
Livro de número 14 concluído.
Item 14- Um livro engraçado.

Os monólogos da vagina- de Eve Ensler.



Resenha: http://estradaaberta.blogspot.com.br/2014/01/resenha-os-monologos-da-vagina-eve.html

Falar sobre vaginas não é fácil, mas Eve Ensler provou que pode ser muito engraçado e libertador. Enquanto para as mulheres a leitura reforça o emponderamento do seu sexo, para os homens oferece a possibilidade de desvendar curiosidades da intimidade feminina. Então, é difícil para qualquer um não se sentir estupefato e reflexivo, diante de um tema raramente abordado com tanta franqueza.

Ensler realizou ao longo de 5 anos mais de 200 entrevistas com mulheres dos mais variados tipos: velhas, jovens, casadas, solteiras, lésbicas, professoras universitárias, atrizes, etc. Inspirada nessas entrevistas ela escreveu uma peça chamada Os Monólogos da Vagina (The Vagina Monologues),  que por conseguinte deu origem à esse livro. A peça é emocionante, engraçada e universal. Por esse motivo ela já foi produzida em mais de 150 países e traduzida em mais de 50 idiomas!


Gostei do livro,leitura leve e engraçada!
Leiam meninas(os).

Tem mais gente lendo:

http://ale-bordadosecroche.blogspot.com.br/2016/08/desafio-literario-2016-12.html

Beijos da Ana.

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Desafio literário 2016- 13º livro concluído.

Oi gente,boa noite!
Continuando firme no desafio.
Hoje terminei de ler o 13º livro,item 18: Um livro da sua infância.
Título: O meu pé de laranja lima
Autor:José Mauro de Vasconcelos.


Este livro tem o cheirinho e o sabor da minha infância!



Meu resumo:

O personagem principal,Zezé,é um garoto de 5 anos,quase seis,muito precoce,inteligente(aprende a ler sozinho) e criativo.
Ele também é muito sapeca,vive fazendo artes,e apanha muito por causa disso,chega a dar dó quando ele leva surra dos familiares!
Tem um confidente a quem conta todas as suas aventuras,um pequeno pé de laranja lima que tem no quintal de sua casa.
Zezé tem um coração enorme,capaz de atitudes que tocam profundamente o leitor.
Muito pobre,o pai desempregado,passa constantemente privações junto com a família.
É uma história triste e ao mesmo tempo  linda e emocionante!
Eu chego a chorar quando leio esse livro,e qdo termino a leitura,sempre sinto vontade de ler novamente.
Pode ser lido por pessoas de todas as idades.
Eu recomendo!

Resenha: https://falandoemliteratura.com/2013/11/05/resenha-o-meu-pe-de-laranja-lima-de-jose-mauro-de-vasconcelos/

Zezé é de uma família muito pobre e trabalhadora, como muitas famílias do Brasil. O garoto é super inteligente, sensível, criativo e danado, apronta todas. Ele tem um amigo- confidente, que é seu pé de laranja lima, o Xururuca e também o Luciano, o morcego. Ele tem um irmãozinho, o Luís, que ele cuida muito. São muitos irmãos e o mais velho cuida do mais novo, Zezé é cuidado pela Godóia, que é muito protetora. Jandira e Totoca às vezes judiam dele. Sem querer, Zezé acaba fazendo amizade com o Portuga, que tem um papel muito importante na vida de Zezé. Dona Cecília Paim é a professora, Zezé é o menorzinho da turma. O menino sofre as injustiças do mundo adulto, aprende cedo demais o que é a dor e a tristeza. A infância deveria ser a fase mais feliz, mas nem sempre é assim. Os pais que descuidam do fundamental, do amor e da companhia, porque estão preocupados demais com a sobrevivência da família. Zezé usa o mundo da imaginação para escapar da realidade da vida até o dia em que descobre que não pode mais fugir disso.

Visitem as outras participantes do desafio literário:

http://ale-bordadosecroche.blogspot.com.br/2016/08/desafio-literario-2016-12.html

http://pocoesdearte.blogspot.com.br/2016/06/momento-leitura-maio-2016-livro-2.html

Beijos da Ana.

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Desafio literário 2016-12° livro concluído.


12° livro do desafio:
Item 7: Um livro que vc sempre quis ler.

  • O diário de Anne Frank

Gente acabei de ler este livro e confesso que amei!
Só não gostei mais porque li eBook, e eu,sinceramente prefiro ler livro de papel,sou antiquada ainda no que se refere a livros,rsrsrs...
Sabe aqueles livros que a gente começa a ler e não consegue mais parar?Pois é,este é o caso!
A garota Anne,era extremamente alegre,extrovertida,inteligente e cativante!
Ela queria ser jornalista e escritora no futuro(na verdade tornou-se uma  escritora através da escrita do seu diário),pena que a maldade humana não permitiu que fosse mais além!
Perdemos um grande talento pra estupidez  do homem!
Espero que leiam e apreciem!



Sinopse:http://www.infoescola.com/livros/o-diario-de-anne-frank/

O Diário de Anne Frank foi composto pela então adolescente Anne Frank, no período que se estende de 1942 a 1º de agosto de 1944. Este poderia ser um diário escrito por qualquer garota de 13 anos, nos tempos atuais, com todas as inquietudes e preocupações de uma jovem, se ela não estivesse vivendo justamente em um dos contextos mais difíceis da história da Humanidade, a Segunda Guerra Mundial.

Ela tinha apenas 13 anos e, de repente, viu sua existência sofrer uma transformação radical. Subitamente Anne estava vivendo com sua família e outros judeus, companheiros da mesma sina, ocultos em Amsterdam, na Holanda, na época em que este país foi invadido pelos nazistas alemães.
Em palavras singelas e de fácil entendimento, a garota narra a rotina desta pequena comunidade durante o período em que seus integrantes permaneceram refugiados no porão do gabinete em que seu pai trabalhara, para onde o grupo se dirige ao tomar conhecimento do destino que lhes estaria reservado se fossem capturados pelas forças da Alemanha.

Neste recanto abrigam-se a família de Anne – a adolescente, os pais e a irmã -, e a do Senhor Van Daan – ele, a esposa e o filho Peter, que se torna o melhor amigo da garota, e por quem ela se encanta cada vez mais. A autora deste diário registra a vivência destas pessoas sob a ameaça constante da morte e sua visão pessoal sobre este terrível confronto bélico.

Anne tem a ideia de escrever um diário que pudesse realmente ser publicado após ouvir uma transmissão radiofônica que incentivava as pessoas a documentar os eventos ligados à guerra, pois este material teria, futuramente, um alto significado. Ela inscreve em seus escritos tudo o que se passa no cotidiano dos fugitivos, inclusive sua notória predileção pelo pai, que considerava amoroso e nobre, ao contrário da mãe, com quem a menina estava sempre em confronto.

Depois de tempos difíceis, oficiais da Gestapo descobrem o esconderijo, em 4 de agosto de 1944, prendem os refugiados e os conduzem para diversos campos de concentração. Neste mesmo dia o pai, Otto Heinrich Frank, recebe o diário da filha e, como é o único remanescente do período transcorrido como prisioneiro, luta pela publicação de seus textos, realizando finalmente o sonho de Anne. Com o auxílio da escritora Mirjam Pressler, ele alcança o seu objetivo e lança o diário em 1947.

Na primeira versão muitos trechos foram censurados pelo próprio pai, que tinha consciência do quanto seria controvertido, nesta época, divulgar os conflitos entre mãe e filha, bem como revelar aspectos da sexualidade emergente de Anne. Em edição posterior o diário foi publicado integralmente.

Anne morreu em pleno campo de concentração, em Bergen-Belsen, em fins de fevereiro de 1945. O Diário original está preservado no Instituto Holandês para a Documentação da Guerra. Os direitos autorais da obra de Anne estão reservados ao Fundo Anne Frank, localizado na Suíça, uma vez que Otto Frank faleceu em 1980.

Fontes:
http://www.netsaber.com.br/resumos/ver_resumo_c_43217.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Diário_de_Anne_Frank

Tem mais gente participando do desafio,vamos dar uma olhadinha?:

http://ale-bordadosecroche.blogspot.com.br/2016/08/desafio-literario-2016-12.html

http://pocoesdearte.blogspot.com.br/2016/06/momento-leitura-maio-2016-livro-2.html

Beijos da Ana!

Desafio literário 2016- 11° livro lido.

Oi gente,boa tarde!
Trazendo hoje a conclusão de mais um livro do  desafio literário 2016,o item 9:
Um livro que vc ganhou.
Ganhei este livro do meu irmão Joaquim,o título é: Antologia Poética de Augusto dos Anjos.
Adoro poesia,sinto um prazer imenso ao saborear momentos de leitura poética!
Não sei se vcs irão gostar do livro,pois Augusto dos Anjos,conhecido como "Poeta da Morte",escreveu apenas poesias relacionadas à morte,melancolia,tristeza...Eu,particularmente gostei,mas sei que tenho que ler novamente,com mais calma e fazer um estudo mais profundo,pois a linguagem de Augusto é bem complexa!
Não sei se irão ler,porém se lerem espero que apreciem a leitura!


Sinopse: http://www.desbravadordemundos.com.br/2016/04/resenha-toda-poesia-de-augusto-dos-anjos.html

A escrita de Augusto dos Anjos é esmagadora e apaixonante. Sim, a leitura é densa, complexa, profunda, mas totalmente prazerosa. O autor possui um jeito único, até por isso é considerado um dos poetas brasileiros mais originais. Encontramos na obra uma melancolia profunda, versos reais e dolorosos, uma métrica invejável e sentimentos exacerbados. Ademais, o fato de o autor ter sido um acadêmico traz para sua escrita um elemento novo: a cientificidade. Seus textos possuem elementos científicos, termos filosóficos e culturais. Isso faz com que seus versos exijam mais do leitor; porém, é nos desafios que somos verdadeiramente agraciados.

Beijos da Ana!

sábado, 20 de agosto de 2016

Desafio literário 2016

Décimo livro lido.

Oi gente,boa noite! Tudo bem com vcs?
Nunca mais eu tinha postado nada sobre o desafio literário 2016,pois como estava fazendo auto-escola estava sem cabeça  para mais nada!Graças a Deus,finalmente passei,e agora estou mais tranquila,posso relaxar,rsrsrs...
Então hoje estou postando o décimo livro lido,o item 16: Um livro de auto-ajuda.

  • Dez leis para ser feliz - de Augusto Cury.

É  um livro pequeno,dá pra ler em uma hora,e muito agradável!
Tbm já estou lendo o livro número 11 e logo postarei.




Sinopse: Editora Sextante

"Em  Dez leis para ser feliz vou apresentar princípios para que a vida se torne um grande show. Um espetáculo de felicidade e sabedoria.

Este livro é pequeno, mas o conceito sobre o que é a felicidade e os instrumentos para conquistá-la são profundos e desconhecidos. Eles são frutos de mais de vinte anos de pesquisa psicológica e psiquiátrica. As "dez leis" que comentarei democratizam a ciência, pois tornam acessíveis ferramentas para você explorar seu próprio ser... A decisão de usá-las para alcançar uma vida feliz e saudável é sua.

Permita-me tentar ajudá-lo. Se você é jovem ou adulto e gosta de aventura, aqui você a terá. Viajaremos para o fascinante mundo do nosso ser. Uma boa viagem." - Augusto Cury

Eu recomendo pessoal!

Querem saber quem mais está participando do desafio?
http://ale-bordadosecroche.blogspot.com.br/2016/08/desafio-literario-2016-12.html 

http://pocoesdearte.blogspot.com.br/2016/06/momento-leitura-maio-2016-livro-2.html


Beijos da Ana!

sábado, 18 de junho de 2016

Desafio literário 2016- 9° livro concluído.


Oi meu povo lindo,boa noite!
Hj trago o nono livro lido no desafio literário 2016.
Item 10; um livro com um título estranho.
JUBIABÁ,de Jorge Amado.

Obs:Essa imagem peguei no Google,pois meu livro comprei num sebo e está meio velhinho,rsrsrs...

Sinopse:http://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=12594

Antônio Balduíno nasce órfão no morro do Capa-Negro, que tinha como grande referência espiritual o centenário feiticeiro e ex-escravo Jubiabá. Depois de uma infância de liberdade e pequenos delitos nas ruas de Salvador, num ambiente similar ao que seria desenvolvido em Capitães da Areia, vira malandro, sambista e desordeiro, até ser transformado em boxeador profissional por um empresário italiano. Encerra a carreira prematuramente ao tomar uma surra no ringue numa noite de bebedeira e acaba indo trabalhar nas plantações de fumo do Recôncavo Baiano. Explorado ao extremo, apunhala um homem, foge, se engaja num circo ambulante, volta a Salvador, vira estivador, faz greve. Ao longo dessas muitas vidas, choca-se contra o mundo das mais variadas formas, até atingir um vislumbre de compreensão da realidade que o cerca e de seu lugar nela.
Publicado em 1935, quando o autor tinha apenas 23 anos, Jubiabá constitui um verdadeiro romance de formação e trata de um dos temas mais caros ao escritor - a força da cultura afro-baiana contra a opressão política e as injustiças sociais -, atestando o vigor narrativo de Jorge Amado e seu talento para a criação de personagens vívidos e inesquecíveis. Além de Balduíno e de Jubiabá, merece destaque a branquíssima Lindinalva, por quem o protagonista nutre um amor platônico na pré-adolescência e que reaparece anos depois doente e prostituída. Surgem ainda, de passagem, personagens que retornarão no livro seguinte do autor, Mar morto: o marinheiro Guma, o mestre de saveiro Manuel e sua esposa Maria Clara.
A edição francesa de Jubiabá acabou motivando a vinda ao Brasil de franceses ilustres como o fotógrafo e etnólogo Pierre Verger, o escritor Albert Camus e o fotógrafo Marcel Gautherot. Qualificado de "magnífico" por Camus, o romance foi adaptado para o cinema (por Nelson Pereira dos Santos), o teatro, o rádio, a televisão e os quadrinhos.


Muito bom,adorei o livro!

Bjs!

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Desafio literário 2016 (7° e 8° livros lidos)


Oi pessoal,boa tarde!
Td bem com vocês?
E continua o desafio literário!


Trazendo hoje mais dois livros concluídos:

  • item 11( um livro de capa amarela): Histórias para a sala de aula-Crônicas do cotidiano, de Walcyr Carrasco.
  • item 12 (um livro nacional): A moreninha, de Joaquim Manuel de Macedo.
Demorei a fazer novos posts porque entrei pra autoescola e estava estudando legislação pra fazer prova no Detran,pois bem,fiz a tal prova e passei,tirei 9,25.Agora vem as aulas práticas e depois prova de direção veicular!Deus me ajude!!!

Então vamos às sinopses dos livros que li:






Histórias para a sala de aula, Walcyr carrasco.



Histórias para a sala de aula reúne algumas das crônicas que Walcyr Carrasco publica quinzenalmente na revista Veja São Paulo, dando uma amostra bastante abrangente do autor, que além de cronista é também autor de novela. Os temas das crônicas são os mais variados, indo desde as memórias de infância do autor até a moda, o trânsito caótico, as transformações da linguagem no mundo contemporâneo e seu desconcerto diante das novas tecnologias que, por fascinantes que sejam, acabam muitas vezes por complicar a vida cotidiana ao invés de torná-la mais simples.

Minha opinião:
Gente,tenho uma fila de livros esperando pra serem lidos,pois sempre vou a sebos à procura de bons livros,vou comprando e fazendo uma fila de espera,este livro é um deles,rsrsrs...
O livro é indicado para ser lido em sala de aula,mas qdo o vi,fiquei curiosa,adoro crônicas,então...
Gostei demais das crônicas todas relatam fatos do dia a dia,coisas que acontecem com qualquer um de nós,portanto nos identificamos automaticamente com as histórias.A linguagem é leve,atual e divertida.Recomendo!

A moreninha,Joaquim Manuel de Macedo 


O romance A Moreninha conta a história de amor entre Augusto e D. Carolina (a moreninha). Tudo começa quando Augusto, Leopoldo e Fabrício são convidados por Filipe para passar o feriado de Sant’Ana na casa de sua avó. Os quatro amigos estudantes de medicina vão para a Ilha passar o feriado e lá encontram D. Ana, a anfitriã, duas amigas, a irmã de Filipe, D. Carolina e suas primas Joana e Joaquina. Antes de partirem Filipe havia feito uma aposta com Augusto: se este voltasse da Ilha sem ter se apaixonado verdadeiramente por uma das meninas, Filipe escreveria um romance por ter perdido a aposta. Caso se apaixonasse, Augusto é quem deveria escrevê-lo. 
Augusto era um jovem namorador e inconstante no amor. Fabrício revela a personalidade do amigo a todos num jantar, o que faz Augusto ser desprezado pelas moças, menos por Carolina. Sentindo-se sozinho, Augusto revela a D. Ana, em uma conversa pela Ilha, que sua inconstância no amor tem a ver com as desilusões amorosas que já viveu e conta um episódio que lhe aconteceu na infância. Em uma viagem com a família, Augusto apaixonou-se por uma menina com quem brincara na praia. Ele e a menina ajudaram um homem moribundo e, como forma de agradecimento, o homem deu a Augusto um botão de esmeralda envolvido numa fita branca e deu a menina o camafeu de Augusto envolvido numa fita verde. Essa era a única lembrança que tinha da menina, pois não havia lhe perguntado nem o nome. 
O fim de semana termina e os jovens retornam para os estudos, mas Augusto se vê com saudades de Carolina e retorna a Ilha para encontra-la. O pai de Augusto, achando que isso estava atrapalhando seus estudos, proíbe o filho de visitar Carolina. Depois de um tempo distantes, Augusto volta a Ilha para se declarar a Carolina. Mas ela o repreende por estar quebrando a promessa feita a uma garotinha há anos atrás. Augusto fica confuso e preocupado, até que Carolina mostra o seu camafeu. O mistério é desfeito, e, para pagar a aposta, Augusto escreve o livro A Moreninha. 

Minha humilde opinião:
Simplesmente amei este romance,sou louca por romances,especialmente os bem escritos,aprecio muito os escritores da época do romantismo pois eles tinham uma facilidade incrível pra escrever romances,poesias e tudo o mais a que se propusessem  falar.Este romance é pura poesia!Que linguagem bela!Um clássico é um clássico!Leiam,vcs vão se apaixonar!


Querem saber mas sobre o desafio?Visitem a página da Alê: http://ale-bordadosecroche.blogspot.com.br/2016/06/desafio-literario-2016-08.html

Beijos da Ana!

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Desafio literário 2016- 5º e 6° livros lidos.



Oi gente,boa noite!
Trazendo hoje mais dois livros lidos;os itens 23( um livro pequeno) e 24 (um livro ilustrado)



23- Um livro pequeno:
Título: Revolucione sua qualidade de vida,de Augusto Cury.
É tbm um livro de autoajuda,mas como é bem pequeno preferi colocar no item 23.

Sinopse do site Livraria Cultura :

Neste livro, o autor apresenta as ferramentas com o objetivo de ajudar o leitor a gerenciar seus pensamentos, trabalhar suas perdas e se tornar líder de si e defende que a alma humana é um pequeno e infinito mundo.

24-Um livro ilustrado:
Título: Mitos contos e lendas da América Latina e do Caribe

Sinopse da Editora Saraiva:

Uma seleção de contos da tradição oral publicados em comemoração aos 25 anos do projeto Co-edição Latino-Americana, do Centro Regional para o Fomento do Livro da América Latina e Caribe - Cerlalc. Os contos envolvem variados temas: fantasmas, seres fantásticos, lendas de amor, personagens e lugares encantados. As histórias reunidas neste livro repleto de belas ilustrações refletem a riqueza cultural das Américas.

Amei a leitura de ambos e recomendo!

Beijos da Ana!


segunda-feira, 2 de maio de 2016

Desafio literário 2016 - 4° livro lido.

Olá pessoal,boa noite!
Hoje trago o 4°  livro do desafio literário 2016, Os doze mandamentos,de Sidney Sheldon.
Item 04: um livro que estava abandonado  na sua estante.


Resenha tirada do blog: Rkbook's

Se não obedecer todos os mandamentos você será punido. Ou não…
Imagine se ao invés de 10, na verdade fossem 12 mandamentos? Pois é, é isso que Sidney Sheldon faz neste livro.
A história é essa:

Moisés recebeu TRÊS placas de pedra de Deus, mas como ele era muito esperto, deixou cair uma, Mas para não passar vergonha diante do povo disse que havia recebido apenas duas.
E além disso ele ainda acrescentou que, todos que desobedecessem algum dos dez mandamento seria gravemente punido. Mas o que o leitor verá neste livro são histórias de pessoas que desobedeceram os mandamentos e ficaram ricas, famosas e muito felizes.

Uma sátira divertidíssima, que traz à tona os problemas sociais e o que realmente acontece com pessoas corruptas, mentirosas, assassinas, ladras, pecadoras, fornicadoras, invejosas, e ufa! Leiam o livro e conheçam o resto.

Ah, já ia me esquecendo de dizer quais são os 2 mandamentos esquecidos. Ou melhor, vou deixar essa surpresa para vocês descobrirem.

Uma palavra que definiria o livro: Sarcástico!


O que eu,Ana,penso sobre o livro:

Bom gente,ainda bem que é só uma sátira e não é pra ser levada a sério não é,?rsrsrs
Sabemos que Deus jamais nos abandona,e se,às vezes temos uma maré de azar na vida,certamente não é por estarmos obedecendo aos mandamentos de Deus,claro,e se praticarmos atos ilícitos,certamente não seremos felizes!
Pessoas pobres de espírito costumam culpar a Deus por seus problemas e ao invés de manter firme sua fé e batalhar  para melhorar de vida,acabam enfiando os pés pelas mãos e fazendo bobagem.Tudo isso acaba gerando consequências desastrosas(ao contrário do que acontece no livro).
Não há bônus para o crime e sim ônus!

Beijos da Ana!

domingo, 24 de abril de 2016

Terceiro livro do desafio literário 2016.



Oi pessoas,boa noite!
Hoje terminei de ler mais um livro do desafio literário 2016.
O item 19: Um livro emprestado.
Ele é do meu irmão Joaquim.

 Fronteiras de areia: o conflito Israel x Palestina,de Francisco Linhares.


Resumo:
Bom gente,não tem muito o que falar,pois como o próprio título já diz. o livro mostra o porquê do conflito entre Israel e Palestina.
O autor explica de forma simples e de fácil  entendimento os motivos que levam esses povos a viverem  eternamente em guerra.A disputa por território, além de motivos econômicos e religiosos levam esses povos a se odiarem,e quando acontece algum acordo de paz e vc pensa que tudo está resolvido e que finalmente haverá paz entre eles,algo de ruim acontece.
Recomendo a leitura,gostei tanto que já quero ler novamente.
Bastante esclarecedor!

Beijos da Ana!

quinta-feira, 14 de abril de 2016

Desafio literário-segundo livro lido

Oi gente,boa noite!
Então,hoje concluí a leitura do segundo livro do desafio literário,o item número 8:Um livro que vc abandonou(tente novamente).Pois bem,eu tinha começado a ler este livro no ano passado,mas acabei deixando de lado para ler um outro livro que me parecia mais interessante.Agora,com o desafio resolvi voltar a lê-lo.
O título do livro é "A velocidade da luz,de Javier Cercas".
Comecei a ler e fui sendo envolvida pela trama,o livro acabou me conquistando,gostei muito e recomendo a sua leitura.


Sinopse:

O livro é narrado pelas lembranças de Cercas (ou o escritor espanhol que parece e muito com Javier Cercas), do tempo em que ele conviveu com Rodney e depois das cartas que ele escrevia para o pai enquanto estava no Vietnã. Rodney é um daqueles personagens fascinantes e atormentados que marcam a vida do jovem escritor (por um período muito curto de tempo) e não só pela sua história pessoal, mas principalmente pela visão que ambos tem da literatura. Tanto que em dado momento ele confessa para Rodney que quer escrever e entrega a ele um rascunho do seu romance e a honestidade com que ele destrói seu livro é assustadora. E nesse momento vem uma reflexão sobre a escrita, os escritores o sucesso que é uma das melhores partes do livro. Entre essas revelações, uma chamou muito a minha atenção:

"Então o narrador é você mesmo?", inferiu Rodney. "Nada disso", devolvi, feliz porque agora era eu quem conseguia confundi-lo. "Ele se parece em tudo comigo, mas não sou eu". Encharcado do objetivismo de Flaubert e Eliot, argumentei que o narrador do meu romance não podia ser eu porque nesse caso me sentiria obrigado a falar de mim mesmo, o que não era só uma forma de exibicionismo ou obscenidade, mas um erro literário, porque a verdadeira literatura nunca revelava a personalidade do autor, mas a escondia. "É verdade", reconheceu Rodney. "Mas falar muito de si mesmo é o melhor jeito de se esconder."


Só lendo não é gente,pra conferir a história!

Beijos!

domingo, 3 de abril de 2016

Desafio literário- primeiro livro lido

Oi gente,boa noite!
Como estão todos vcs?
Hoje pela manhã li o meu primeiro livro do desafio literário.
Como não é preciso seguir a ordem,comecei pelo número seis; Um livro com uma raposa e uma rosa.Li "O Pequeno Príncipe" é claro!
Acho que quase todo mundo já leu este livro,ou quem nunca leu tem muita vontade de ler,como era o meu caso.
Devorei-o esta manhã,e ele é daqueles  livros que a gente começa a ler e não quer parar.
Livro pequeno,porém emocionante,envolvente e fascinante!


A sinopse eu encontrei neste blog:Palácio de livros..


Sinopse: O Pequeno Príncipe - Um piloto cai com seu avião no deserto e ali encontra uma criança loura e frágil. Ela diz ter vindo de um pequeno planeta distante. E ali, na convivência com o piloto perdido, os dois repensam os seus valores e encontram o sentido da vida. Com essa história mágica, sensível, comovente, às vezes triste, e só aparentemente infantil, o escritor francês Antoine de Saint-Exupéry criou há 70 anos um dos maiores clássicos da literatura universal. Não há adulto que não se comova ao se lembrar de quando o leu quando criança


Beijos da Ana.

sábado, 2 de abril de 2016

Desafio literário 2016.


Oi pessoas,boa noite!
Gente,resolvi participar de um desafio literário.
Minha amiga Alê,do blog: Alê bordados e crochê viu esse desafio no Instagram e fez uma postagem em seu blog convidando os amigos para participarem junto com ela do desafio,eu,como amo leitura resolvi participar.
O desafio funciona assim:
Quem topar o desafio deverá ler:



Não precisa ler os livros na ordem acima,e a cada livro lido fazemos uma postagem com uma sinopse,ok?
Gente,não sei se vou dar conta mas vou tentar,rsrs...
Quem topa participar também?
Beijos da Ana.

sexta-feira, 25 de março de 2016

quinta-feira, 24 de março de 2016

De volta!

Oi pessoal,boa noite!
Tudo bem com vcs?
Meu bloguinho anda meio abandonado não é gente?
A última postagem que fiz foi em dezembro do ano passado,nossaaaa!
Hoje estou voltando pra dar uma atualizada e não abandonar mais meu refúgio,rsrsrs...
Saudades de todos vcs e de interagir em seus blogs tbm,quero ser mais participativa.
Espero contar com as visitas e comentários de vcs e retribuí-las,lógico!
Um grande abraço da Ana!!!