terça-feira, 30 de agosto de 2016

Desafio literário 2016- 13º livro concluído.

Oi gente,boa noite!
Continuando firme no desafio.
Hoje terminei de ler o 13º livro,item 18: Um livro da sua infância.
Título: O meu pé de laranja lima
Autor:José Mauro de Vasconcelos.


Este livro tem o cheirinho e o sabor da minha infância!



Meu resumo:

O personagem principal,Zezé,é um garoto de 5 anos,quase seis,muito precoce,inteligente(aprende a ler sozinho) e criativo.
Ele também é muito sapeca,vive fazendo artes,e apanha muito por causa disso,chega a dar dó quando ele leva surra dos familiares!
Tem um confidente a quem conta todas as suas aventuras,um pequeno pé de laranja lima que tem no quintal de sua casa.
Zezé tem um coração enorme,capaz de atitudes que tocam profundamente o leitor.
Muito pobre,o pai desempregado,passa constantemente privações junto com a família.
É uma história triste e ao mesmo tempo  linda e emocionante!
Eu chego a chorar quando leio esse livro,e qdo termino a leitura,sempre sinto vontade de ler novamente.
Pode ser lido por pessoas de todas as idades.
Eu recomendo!

Resenha: https://falandoemliteratura.com/2013/11/05/resenha-o-meu-pe-de-laranja-lima-de-jose-mauro-de-vasconcelos/

Zezé é de uma família muito pobre e trabalhadora, como muitas famílias do Brasil. O garoto é super inteligente, sensível, criativo e danado, apronta todas. Ele tem um amigo- confidente, que é seu pé de laranja lima, o Xururuca e também o Luciano, o morcego. Ele tem um irmãozinho, o Luís, que ele cuida muito. São muitos irmãos e o mais velho cuida do mais novo, Zezé é cuidado pela Godóia, que é muito protetora. Jandira e Totoca às vezes judiam dele. Sem querer, Zezé acaba fazendo amizade com o Portuga, que tem um papel muito importante na vida de Zezé. Dona Cecília Paim é a professora, Zezé é o menorzinho da turma. O menino sofre as injustiças do mundo adulto, aprende cedo demais o que é a dor e a tristeza. A infância deveria ser a fase mais feliz, mas nem sempre é assim. Os pais que descuidam do fundamental, do amor e da companhia, porque estão preocupados demais com a sobrevivência da família. Zezé usa o mundo da imaginação para escapar da realidade da vida até o dia em que descobre que não pode mais fugir disso.

Visitem as outras participantes do desafio literário:

http://ale-bordadosecroche.blogspot.com.br/2016/08/desafio-literario-2016-12.html

http://pocoesdearte.blogspot.com.br/2016/06/momento-leitura-maio-2016-livro-2.html

Beijos da Ana.

2 comentários:

  1. Olá!
    Bom dia Ana!
    Mil desculpa pelo sumiço!
    Ando com alguns "probleminhas" e isso tem me tirado o tempo para o meu Querido Blog...mas graças à Deus as coisas estão se ajeitando e estou voltando aos poucos.
    Fico feliz que tenha passado no exame e esteja habilitada!
    Parabéns!!!!!
    E muito contente que voltou para as leituras!
    Já levei todos os seus links para o post de hj!
    Esse livro eu não lembro de ter lido!
    Vou anotar para ler com o Davi!
    E vamos que vamos que fim de ano está chegando! Nós vamos concluir o nosso desafio! Obrigada pela participação!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Facebook
    Twitter
    Instagram

    ResponderExcluir
  2. Olá, Ana! Como disse, voltei e lendo a resenha de Meu pé de laranja-lima me lembrei muito da minha infância. Eu tinha um pé, mas era de jabuticabas e chorei muito embaixo dele. Li o livro e sofri tanto tanto por Zezé. Achei até um tanto violento mas é a mais pura realidade.
    Um abraço!

    ResponderExcluir